Endomarketing

Como o endomarketing auxilia na superação de crises

Maria Isabel França
19/1/2022

As crises podem chegar a qualquer momento e afetar pequenas e grandes empresas. Sejam causadas por conta da realidade política e econômica ou seja por algum problema interno, os contratempos acabam acontecendo, mais cedo ou mais tarde.


Esses tempos difíceis, além de afetarem o andamento da empresa, acabam afetando também na visão dos colaboradores da mesma. É importante então se preparar para momentos assim, e ter um plano de endomarketing para superar a situação.


Nesse artigo nós vamos conhecer alguns tipos de crises e como o endomarketing pode te ajudar nesses momentos de adversidade.


Definindo uma crise

Um estudo realizado em 2019 com 4.500 empresas de 43 países pela rede de consultoria global PwC, definiu a crise como sendo uma circunstância desencadeada por grandes fatores externos ou internos, ou por pequenos fatores acumulados, que geram um impacto multifuncional em toda a empresa, interrompendo operações comerciais e oferecendo riscos a empresa, sejam financeiros ou à sua reputação.


Segundo o mesmo estudo, os tipos de crise mais citados por empresários brasileiros foram: 

  • Operacionais - Causadas por falhas operacionais, defeito ou falhas na integridade de mercadorias, problemas na cadeia de suprimento ou pelo próprio andamento da concorrência de mercado;
  • Financeiras: Causadas por problema de caixa, discordância com acionistas ou por falta de retorno de investimentos;


Mas também existem crises advindas de falhas ou crimes cibernéticos, problemas humanitários, problemas legais e problemas com a reputação da marca.


Existem então, crises de muitos tipos e tamanhos. É preciso estar atento e englobar todos os aspectos no planejamento de gestão de crises e saber exatamente o que fazer com sua equipe de colaboradores, para mantê-los engajados e motivados o suficiente para superar as adversidades e quem sabe, sair da crise de uma maneira melhor do que entrou.


E para isso, ter um bom endomarketing é essencial.

O que é endomarketing e como ele ajuda na gestão de crises

Endomarketing é uma expressão criada pelo consultor empresarial Saul Faingaus Bekin, que o definiu como um conjunto de ações de marketing com foco no público interno da empresa, essas ações são realizadas com o objetivo de promover entre os funcionários os valores destinados a servir o cliente.


Mas por quê?


O intuito hoje é utilizar o endomarketing como uma ferramenta para equilibrar os desejos e necessidades dos colaboradores e da empresa, buscando uma troca entre as partes igualmente satisfatória. 


Afinal, quando um empreendimento consegue entender seus funcionários e realmente agir para proporcioná-los um bom ambiente de trabalho e uma carreira vantajosa, isso faz com que eles tenham um sentimento de pertença ao grupo e continuem engajados e motivados, mesmo em tempos difíceis, não perdendo sua fidelidade.


Segundo a GPTW (Great Place to Work), em tempos de crise o endomarketing estará focado na comunicação interna e na amenização de efeitos negativos. E para isso é necessário estabelecer uma comunicação transparente e valorizar sempre o valor humano.



Utilizando o endomarketing em tempos de crise

Como o endomarketing é sempre centrado no público interno, é preciso antes de mais nada, escutá-los e saber como estão sendo afetados pela conjuntura na qual a empresa se encontra.


O primeiro passo então, é realizar uma espécie de pesquisa de clima organizacional para entender a perspectiva dos funcionários, e saber se estão menos satisfeitos ou se a confiança na empresa se abalou de alguma forma.


A segunda etapa é identificar setores mais vulneráveis, ou seja, os setores que mais se sentem impactados pela situação. Assim será possível focar as ações de endomarketing de forma mais assertiva e eficiente.


Depois, é importante estabelecer e manter um canal de informações. Manter os colaboradores sempre atualizados sobre o andamento e a situação da empresa de forma transparente gera uma maior confiança e também evita a circulação de boatos.


É essencial também como parte do endomarketing, estabelecer metas claras e alcançáveis para nortear as equipes. Isso evita que o time se sinta perdido por falta de direcionamento e ajuda a serem positivamente desafiados a se desenvolverem e buscarem novas soluções.


Por fim, é necessário fornecer às equipes momentos descontraídos de integração para esquecer um pouco dos problemas e fortalecer a união e pertença. 


O endomarketing pode planejar alguns eventos focados em celebrações e team building para alcançar tal objetivo. No momento atual, com equipes híbridas ou em home office, é importante saber se adaptar e inovar na hora de realizar eventos e não deixar o online diminuir a criatividade e o aproveitamento dos mesmos.


O que ter em mente

Como esclarecemos no início do artigo, as crises muitas vezes são inevitáveis. É preciso ter sempre em mente algum plano para gerir esses momentos e usar o endomarketing para realizar as ações citadas, sempre se preocupando em tomar decisões rápidas para controlar as adversidades e manter as equipes da empresa engrenando, afinal a transformação e superação se construirão de dentro para fora e assim serão obtidos os melhores resultados.



Pode te interessar

Utilizamos cookies para analisar e personalizar conteúdos e anúncios em nossa e em outras plataformas. Ao navegar no site, você nos autoriza a coletar e usar essas informações. Para mais informações visite nossa página Políticas de Privacidade.

Preferências